Betacaroteno – o antioxidante da cor do sol

10 fev • ANTI AGING2 comentários em Betacaroteno – o antioxidante da cor do sol

O betacaroteno é um pigmento carotenóide antioxidante, naturalmente encontrado em alguns alimentos, sendo também conhecido como pró-vitamina A. Quando consumido, ele pode ser convertido em vitamina A, sempre que o organismo necessitar. Recentes pesquisas têm revelado interessantes propriedades dessa substancia. Sabe-se hoje que ele é um antioxidante (inibe radicais livres, prevenindo o envelhecimento), beneficia a visão noturna, aumenta a imunidade, dá elasticidade à pele, aumenta o brilho dos cabelos e o fortalecimento das unhas, além de atuar no metabolismo de gorduras. Além do mais, protege a pele contra a ação dos raios ultravioletas.

O interesse por esta substancia é crescente considerando os danos da ação dos raios ultravioletas à pele levando não somente ao envelhecimento precoce e a manchas, mas o câncer de pele. “O betacaroteno também é favorável na obtenção do bronzeamento da pele. Quando transformado em vitamina A em nosso organismo, auxilia na formação de melanina, pigmento responsável por proteger a pele dos raios ultravioleta e conferir o bronzeamento.”

412_79224_6375523_187265

verao2

O aumento do bronzeado não deve ser confundido com a hipercarotenodermia, que é uma alteração da coloração da pele, que se torna demasiadamente amarelada. Isto ocorre pelo excesso do consumo das fontes de betacaroteno e geralmente não causa malefícios à saúde. Após o consumo voltar ao normal, a cor da pele readquire a tonalidade adequada.

As principais fontes de betacaroteno são: damasco, cenoura, abóbora, beterraba, mamão, manga e a batata doce. Em quantidades menores, pode ser encontrado nos vegetais folhosos como couve, repolho, espinafre, agrião e brócolis. Estudos atuais apontam que “o consumo de 15 a 30mg de betacaroteno por dia, favorece um bronzeado mais bonito e aumenta a proteção da pele, até mesmo das regiões que normalmente não recebem a utilização do filtro solar, como por exemplo, os olhos.” Mas para isso é importante que ele seja consumido regularmente. Não basta consumir os alimentos ricos em betacaroteno por poucos dias antes de se expor ao sol. Segundo estudos, “os efeitos benéficos do betacaroteno costumam aparecer após 10 a 12 semanas de consumo.”

calabazas

betacaroteno-importância-para-a-saude-e-alimentos-3

“Uma alimentação saudável é capaz de fornecer a quantidade necessária de betacaroteno para o corpo. Existem suplementos de betacaroteno disponíveis no mercado farmacológico, porém constata-se que quando o aporte necessário é atingido de forma natural, os benefícios para a saúde são maiores, pois vem acompanhado de outros componentes nutritivos e fibras que, associados, podem prevenir o corpo de muitas outras doenças.” Em minha formula, utilizo Betacaroteno todos os dias, logo após o café da manha!

OBSERVAÇÃO: TODO USO DE MEDICAMENTOS DEVE SER PRESCRITO PELO MÉDICO RESPONSÁVEL E MONITORIZADO PERIODICAMENTE COM EXAMES LABORATORIAIS. POR MEDIDAS DE SEGURANÇA, CONSULTE O SEU MÉDICO E VEJA A NECESSIDADE DA SUPLEMENTAÇÃO PARA VOCÊ E SUA DOSE INDIVIDUALIZADA!

2 Comentários para Betacaroteno – o antioxidante da cor do sol

  1. Vani Senandes de Oliveira disse:

    Excelentes comentários sobre alimentos antioxidantes .Parabéns.
    Vani Back

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + vinte =

« »